Sistema de acompanhamento do atendimento de pessoas com necessidades específicas – Saapne

Danner Souza Terra, Áureo Vandré Cardoso

Resumo


 O Projeto Saapne consiste no desenvolvimento e implementação de um sistema online demandado por instituições que atuam, direta ou indiretamente, no atendimento de Pessoas com Deficiência (PCD) e/ou com Necessidades Educacionais Específicas (NEE). Por meio dele, as entidades poderão incluir informações relativas ao seu público, de forma individualizada, e acompanhar o histórico de utilização de serviços no âmbito assistencial e educacional. Dessa forma, poderão prestar o serviço de forma mais eficaz. A demanda foi identificada no “Seminário sobre a Educação e a Profissionalização das Pessoas com Necessidades Específicas em Bento Gonçalves: Como podemos evoluir de forma colaborativa?”, realizado em abril de 2017. De forma unânime, os representantes das 11 instituições presentes indicaram a necessidade de disponibilizar na internet um sistema que possibilite acompanhar o atendimento que as pessoas recebem na sua entidade e nas demais. Atualmente, as PCD ou NEE são atendidas em diversas instituições e não há acompanhamento do percurso formativo delas, de forma que uma possa obter informações sobre o apoio especializado que receberam ou estão recebendo em outra. O mesmo ocorre em relação ao atendimento assistencial. O Sistema será composto de dois módulos que poderão ser utilizados individualmente ou de forma integrada. O módulo denominado “Atendimento de PCD” está sendo criado a partir das demandas identificadas em entrevista realizada com a Coordenadoria de Acessibilidade e Inclusão Social da Pessoa com Deficiência (Caispede) e das respostas ao formulário de levantamento de requisitos encaminhado de forma eletrônica às demais entidades parceiras. No módulo designado “Atendimento de PNEE” serão disponibilizados formulários, criados a partir da Classificação Internacional de Funcionalidade, Incapacidade e Saúde (CIF), os quais proporcionarão um esquema de codificação de informações relacionadas à saúde e aos fatores ambientais que podem impactar sobre os componentes da funcionalidade e das limitações do sujeito avaliado, os quais influenciam no seu processo de ensino/aprendizagem. Entre os recursos que esse módulo disponibilizará encontra-se o Programa Educativo Individual (PEI), no qual constarão as seguintes informações: a) identificação do aluno; b) resumo do atendimento educacional recebido e outros antecedentes relevantes; c) caracterização dos indicadores de funcionalidade e do nível de aquisições e dificuldades do aluno; d) diagnósticos de profissionais da área da saúde; e) fatores ambientais que funcionam como facilitadores ou como barreiras à participação e à aprendizagem; f) definição das medidas educativas a implementar; g) identificação dos profissionais que atendem ao aluno; h) identificação dos responsáveis pela alimentação das referidas informações. Embora o Projeto ainda esteja em desenvolvimento, o envolvimento das entidades parceiras e o consequente compartilhamento de informações destaca-se entre os resultados já alcançados.


Palavras-chave


Pessoas com Deficiência; Necessidades Educacionais Específicas; Educação Inclusiva

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ENPEX - Salão de Ensino, Pesquisa e Extensão do IFRS Campus Canoas - ISSN 2359-3202

IFRS campus Canoas - Rua Dra. Maria Zélia Carneiro de Figueiredo, 870-A | Bairro Igara III | Canoas/RS.

Conheça nossos cursos técnicos e graduação: http://ifrs.edu.br/canoas | E-mail: enpex@canoas.ifrs.edu.br