História e memória da Região Metropolitana de Porto Alegre: imprensa, cooperação internacional e planejamento urbano (1966-1973)

Gabriel Casagrande Lazzari

Resumo


O presente projeto tem como objetivo explorar as possibilidades de estudo sobre a história e a memória social da Região Metropolitana de Porto Alegre/RMPA, com o intuito de diversificar o conhecimento sobre o seu desenvolvimento histórico, que usualmente desconsidera o planejamento da região. A RMPA foi concebida a partir de um Acordo de Cooperação Técnica travado entre o Brasil e a República Federal da Alemanha/RFA, no ano de 1963, tendo o Acordo se estendido até meados da década de 1970. A pesquisa, em um primeiro momento, está concentrada na análise de jornais publicados na cidade de Canoas (notoriamente O Timoneiro) entre os anos de 1966 e 1973, período no qual o Plano de Desenvolvimento Metropolitano/PDM foi produzido pela equipe de experts teuto-brasileira. Os jornais são analisados em cruzamento com publicações técnicas e acadêmicas do período, por sua vez de circularidade internacional, tais como artigos e textos de difusão por parte das agências, empresas e poderes públicos de ambos os países envolvidos. A metodologia de pesquisa é baseada nos estudos sobre análise de conteúdo e perseguiu nomenclaturas de notícias como “Região Metropolitana de Porto Alegre” e temas relacionados, como a construção de equipamentos urbanos, enchentes e, especialmente, matérias relacionadas à cooperação internacional. O projeto visa compreender qual a relação entre a cooperação internacional empregada com o modelo dos planos urbanísticos propostos na Plano de Desenvolvimento Metropolitano da RMPA. As inferências iniciais indicam uma dualidade entre a ideia de progresso tecnológico – propagado no contexto da Ditadura Militar, em nível nacional, e da Guerra Fria, em nível internacional – pontuado nas publicações estrangeiras, em contraste com as notícias da imprensa local, que enfatizam problemas de infraestrutura básica em Porto Alegre a sua Região Metropolitana. O trabalho pretende agregar contribuições aos estudos sobre planejamento urbano e faz parte de um projeto mais amplo que visa compreender em que medida a circulação de ideias no chamado “terceiro mundo” sofreu assentamentos e rupturas quando associada ao projeto autoritário e desenvolvimentista brasileiro.  


Palavras-chave


História; Região Metropolitana de Porto Alegre; Imprensa

Referências


BARBOSA, Marialva. Meios de comunicação e usos do passado: temporalidade, rastros e vestígios e interfaces entre Comunicação e Historia. In: HERSCHMANN, Micael e RIBEIRO, Ana Paula Goulart (orgs.). Comunicação e História: interfaces e novas abordagens. Rio de Janeiro: Mauad, Globo Universidade, 2008.

LUCA, Tania R. de . História dos, nos e por meio dos periódicos. In: PINSKY, Carla Bassanezi. (Org.). Fontes Históricas. 2a ed. São Paulo: Contexto, 2006, p. 111-153

MARTINS, Ana L. Martins e LUCA, Tania R. de. Imprensa e cidade. São Paulo: UNESP, 2006.

NEVES, Lúcia M. Bastos P.; MOREL, Marco; FERREIRA, Tania M. Bessone da C. (orgs.). História e imprensa: representações culturais e práticas de poder. Rio de Janeiro: DP&A: Faperj, 2006.

VIEGAS, Danielle Heberle. O Planejamento Da Região Metropolitana De Porto Alegre A Partir Da Cooperação Técnica Entre O Brasil E A República Federal Da Alemanha (1963-1978). 2016. 325 f. Tese (Doutorado) - Curso de História, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul/pucrs., Porto Alegre, 2016.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ENPEX - Salão de Ensino, Pesquisa e Extensão do IFRS Campus Canoas - ISSN 2359-3202

IFRS campus Canoas - Rua Dra. Maria Zélia Carneiro de Figueiredo, 870-A | Bairro Igara III | Canoas/RS.

Conheça nossos cursos técnicos e graduação: http://ifrs.edu.br/canoas | E-mail: enpex@canoas.ifrs.edu.br